3 SITUAÇÕES QUE IMPEDEM O LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS: FIQUE ATENTO A ELAS

3 SITUAÇÕES QUE IMPEDEM O LICENCIAMENTO DE VEÍCULOS: FIQUE ATENTO A ELAS

Licenciamento de veículos é assunto sério e que, portanto, não deve ser deixado para última hora. Porém, mais importante do que se atentar ao prazo para pagamento é se atentar às exigências que existem para que ele possa ser realizado, e esse será o assunto desse post. Trata-se de 3 situações que já citamos em posts anteriores, mas que serão explicadas aqui novamente para reforçar a importância de ter os pagamentos referente seu veículo sempre em dia.

Leia cada uma abaixo e verifique se seu veículo corre ou não o risco de não ser licenciado:

  1. MULTAS EM ABERTO:

Receber uma multa nunca é bom sinal, afinal significa que você, enquanto motorista, fez algo que não devia e precisa literalmente pagar por isso. Se tratando de licenciamento a situação fica ainda mais crítica, pois o mesmo só pode ser pago quando todos os débitos do veículo, incluindo as multas, estiverem quitados. Então, caso você esteja pensando se deve ou não pagar pela infração que cometeu, mesmo que a considere injusta e não tenha recorrido, considere pagá-la.

Já se tiver apenas recebido uma autuação ou estiver com uma multa considerada suspense, fique tranquilo, pois poderá pagar o licenciamento e receber o novo CRLV normalmente.

  1. IPVA EM ABERTO:

Ainda mais importante que o pagamento das multas recebidas é o pagamento do IPVA do seu veículo para que o mesmo possa ser licenciado. A grande vantagem em relação a esse imposto é que o boleto do mesmo é enviado anualmente para a residência do motorista, desde que o endereço esteja correto, tornando mais fácil verificar o prazo final e as possibilidades de parcelamento. Por via das dúvidas, há a possibilidade de optar por pagar o licenciamento junto a ele.

  1. DPVAT EM ABERTO:

O pagamento do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (DPVAT) é obrigatório para garantir auxílio aos envolvidos em acidentes causados por veículos, e esse é o principal motivo pelo qual não deve ficar em aberto para que possa haver o licenciamento. Os dois pagamentos, inclusive, podem ser realizados juntos anualmente, evitando esquecimentos, no caso de veículo isentos de IPVA. Caso não seja isento, o DPVAT é pago junto ao imposto.

Além dessas 3 situações, há ainda uma quarta, que é a ausência de vistoria anual obrigatória exigida em alguns Estados. Tal procedimento visa atestar que o veículo em questão está apto a rodar sem danificar o meio ambiente, por exemplo, e deve ser realizado para que o licenciamento possa ocorrer.

É importante frisar também que a perda do prazo para pagamento do licenciamento não impede que o mesmo ocorra. Para que o pagamento seja feito, porém, é preciso arcar com a multa e os juros respectivos aos dias de atraso, além de se atentar em não dirigir o veículo ainda não licenciado enquanto o novo documento não for recebido

Para saber se uma dessas situações pode atrapalhar o licenciamento do seu veículo, entre em contato com um despachante de confiança. Basta deixar um comentário abaixo ou entrar em contato que cuidaremos de todas as informações para que você possa dirigir sem preocupações.


personaldespachante

CONTATO

ENDEREÇO
Av. Marques de São Vicente, 446 - 10º Andar
Cj. 1003 - Barra Funda CEP 01139-000 - São Paulo, SP
CONTATO
Tel.: (11) 3531-7979
personal@grupopersonal.net.br
logo grupo personal
logo personal despachante
personal corretora de seguros

Copyright © 2016 Personal Despachante. Todos os direitos reservados.